UM ESTUDO SOBRE AS POLÍTICAS LINGUÍSTICAS NO BRASIL

  • Socorro Cláudia Tavares de Sousa Universidade Federal da Paraíba
  • Maria Elias Soares Universidade Federal do Ceará

Resumo

Este trabalho tem como objetivo investigar algumas políticas linguísticas no Brasil. Para tanto, utilizamosa noção de política linguística de Spolsky (2004, 2009, 2012) que, por sua vez, a define a partirde três dimensões que são: as práticas, as crenças e a gestão da língua; em seguida, exemplificamosas seguintes asserções: as variedades linguísticas têm diferentes valorações no contexto social; o policiamentoda língua é uma característica da cultura linguística e há a sobreposição de uma língua sobreoutras em situações de multilinguismo. Selecionamos e discutimos diferentes textos (matérias jornalísticas,leis, glossário, dentre outros) que ilustram o funcionamento de algumas políticas linguísticasem nosso país. A partir da análise empírica, observamos que a língua, no Brasil, tem se constituídocomo um instrumento de inclusão e de exclusão social; que a intervenção na língua é, ao mesmo tempo,representativa das crenças de seus usuários e definidora de valores em relações às línguas, suas variedadese seus respectivos usuários.

Palavras-chave: políticas linguísticas praticadas, políticas linguísticas declaradas, políticas linguísticas percebidas.

ABSTRACT

This study aims to investigate some language policies in Brazil. For this, we use the notion of languagepolicy developed by Spolsky (2004, 2009, 2012) who defines it in three dimensions that are:practices, beliefs and language management; and, then, we exemplify the following assertions: thelinguistic varieties have different valuations in the social context; the policing of language is a featureof linguistic culture and there is an overlapping of one language over another in multilingualismsituations. We select and we discuss different texts (newspaper articles, laws, glossary, among others)that illustrate the working of some language policies in our country. From the empirical analysis,we note that the language is an instrument of inclusion and social exclusion; that the intervention inthe language is, at the same time, representative of the beliefs of its members and defining diferentvalues in relation to languages, its varieties and its respective users.

Keywords: practiced language policies, declared language policies, perceived language policies.

Como Citar
SOUSA, S. C. T. DE; SOARES, M. E. UM ESTUDO SOBRE AS POLÍTICAS LINGUÍSTICAS NO BRASIL. Revista de Letras, v. 1, n. 33, 11.