O PAPEL POLÍTICO DO EDUCADOR: GRAMSCI E ADORNO

Autores

  • Fatima Maria Nobre Lopes
  • Adauto Lopes da Silva Filho

DOI:

https://doi.org/10.29148/labor.v1i10.6618

Resumo

O presente artigo objetiva demonstrar, a partir das posições de Gramsci e de Adorno, a importância do papel político do educador para o fortalecimento de um novo bloco histórico e para a formação do pensamento crítico, reflexivo, esclarecido e autônomo dos indivíduos, contribuindo para descortinar a realidade aparente e para a geração de um novo mundo social. Nesse sentido, fica claro que a prática do educador não pode ser neutra diante da realidade educacional e social, pois o trabalho pedagógico é essencialmente político tenha ou não o educador consciência disso. Portanto, a formação da consciência esclarecida e autônoma não é espontânea, nem natural, e sim exige o auxílio de elementos externos cuja mediação central se dá pela educação, daí a especificidade do papel político do educador.

Biografia do Autor

Fatima Maria Nobre Lopes

Graduada em Serviço Social e em Filosofia, Mestre em Filosofia, Doutora em Educação. Atualmente é Professora Adjunta III de Filosofia e de Educação, lotada no Departamento de Fundamentos da Educação, membro do LABOR – Laboratório de Estudo do Trabalho e Qualificação Profissional, vinculado a Linha de Pesquisa Filosofia e Sociologia da Educação – FILOS, do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Ceará.

Adauto Lopes da Silva Filho

Graduado e Mestre em Filosofia, Doutor em Educação. Atualmente é Professor Adjunto III de Filosofia e de Educação, lotado no Cariri, membro do LABOR – Laboratório de Estudo do Trabalho e Qualificação Profissional, vinculado a Linha de Pesquisa Filosofia e Sociologia da Educação – FILOS, do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Ceará.

Downloads

Publicado

2017-03-16

Como Citar

LOPES, Fatima Maria Nobre; SILVA FILHO, Adauto Lopes da. O PAPEL POLÍTICO DO EDUCADOR: GRAMSCI E ADORNO. Revista Labor, [S. l.], v. 1, n. 10, p. 7–16, 2017. DOI: 10.29148/labor.v1i10.6618. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/labor/article/view/6618. Acesso em: 22 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)