FRASEOLOGIA EM DICIONÁRIOS ESCOLARES BRASILEIROS

Autores

  • Antonio Luciano Pontes

Resumo

Ainda hoje, é comum encontrar produtos lexicográ- ficos que não incorporam em sua composição, com uma frequência significativa, unidades fraseológicas (UFs), ou que delas tratam de forma inadequada em obras que se definem produtivas, como, por exemplo, dicionários escolares. Neste trabalho, pretendo examinar o modo como as fraseologias se comportam, do ponto de vista gramatical e semiótico, e como se configuram na composição dos verbetes em dicionários escolares brasileiros. Para tanto, tomo por base as pesquisas desenvolvidas por Pastor (1996, 1997), Pérez (2000), Escribano (2003), Martínez (2003), López (2006), Pontes (2009). Os verbetes que compõem o corpus foram extraídos de dicionários escolares brasileiros avaliados pelo Programa Nacional de Livros Didáticos (PNLD) e adotados por professores de escola pública para o ensino fundamental, quais sejam: Cegalla (2005), Bueno (2007), Luft (2009), Aulete (2009), Ferreira (2010), Mattos (2010), Rocha (2010). Palavras-chave: Dicionário Escolar. Fraseologia. Subentrada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

PONTES, Antonio Luciano. FRASEOLOGIA EM DICIONÁRIOS ESCOLARES BRASILEIROS. Revista de Letras, [S. l.], v. 1, n. 30, 2016. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/revletras/article/view/2390. Acesso em: 26 maio. 2024.