Perfil epidemiológico dos óbitos maternos em hospital de referência para gestação de alto risco

  • Maria Lucia Neto Menezes
  • Joana de Faria Oliveira Bezerra
  • Julia de Faria Oliveira Bezerra

Abstract

Objetivo: caracterizar o perfil epidemiológico dos óbitos maternos de um hospital público de referência. Métodos: estudoretrospectivo e descritivo do tipo corte transversal. Foram analisadas variáveis contidas nas declarações de óbito e fichasde investigação de óbito materno. Resultados: registraram-se 93 casos, correspondendo à razão de 228,4 óbitos maternospor 100 mil nascidos vivos. Prevaleceram mulheres entre 20 a 29 anos (47,3%), submetidas à cesariana (39,8%). A maioriados óbitos ocorreu no puerpério (66,7%), por causas obstétricas diretas (55,9%), predominando: infecção (28%), doençascardiovasculares (20,4%) e doenças pulmonares (10,8%). Conclusão: a morte materna ocorreu em um contexto de condiçãosocioeconômica desfavorável, atingindo especialmente mulheres jovens, negras, vitimizadas por quadros infecciosos edoenças cardiovasculares. Foi evidente a importância da melhoria da qualidade dos registros, da vigilância de óbitos eassistência pós- natal.

Published
2015-11-10
Section
Research Article