Brasileiros condenados às doenças do esgoto

  • Édison Carlos

Abstract

Não há infraestrutura mais atrasada no Brasil do que a falta de saneamento básico, em especial a carência no atendimento de água tratada, coleta e tratamento dos esgotos. A escassez desses serviços essenciais à dignidade humana assola milhões de brasileiros, como apontam os dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento Básico de 2014. Temos 35 milhões de brasileiros sem acesso aos serviços de água tratada, metade da população sem coleta de esgotos e apenas 40,0% destes coletados do País são tratados. A carência do saneamento básico atinge a todos.

 
Published
2016-06-05
Section
Editorial