O idoso e a úlcera por pressão em serviço de atendimento domiciliar

  • Ana Débora Alcantara Coêlho
  • Marcos Venícios de Oliveira Lopes
  • Renata Pereira de Melo
  • Maria Euridéa de Castro
Keywords: Enfermagem, Serviços de Assistência Domiciliar, Idoso, Úlcera por Pressão.

Abstract

Esta pesquisa teve por objetivo estimar a prevalência de úlcera por pressão num serviço de atendimento domiciliar. Estudo transversal realizado em julho/agosto de 2009, com 194 idosos acamados. Para coleta dos dados, aplicou-se a Escala de Braden e um instrumento composto por dados sociodemográficos, clínicos e medidas preventivas para úlcera por pressão. Os dados foram analisados pelo programa SPSS 16.0 e apresentados em estatística descritiva. Do total, 69,6% (n = 135) eram mulheres; 68% (n = 132) ≥ 80 anos; 33% (n = 64) tinham Alzheimer e 26,3% (n = 51) sequela de acidente vascular encefálico; 31,4% (n = 61) apresentavam úlcera por pressão, sendo 54,1% (n = 33) hospitalar. Identificou-se prevalência de 31,4% e risco moderado (13,2) para úlcera por pressão. Recomenda-se estudo longitudinal para avaliar a relação dos indicadores da Escala de Braden com o desenvolvimento das úlceras por pressão.
Published
2012-06-22
Section
Research Article