A análise dos Relatórios do Desenvolvimento Humano (RDHs/PNUD/ONU) e as aproximações com a perspectiva histórico-hermenêutica

Maria José de Resende

Resumo


Apresentar uma proposta teórico-metodológica de análise dos documentos intitulados Relatórios do Desenvolvimento Humano (RDHs), encomendados pelas Nações Unidas, é a finalidade deste estudo. Não se fará, neste artigo, uma reflexão extensiva sobre as diversas temáticas dos referidos documentos nem se construirá, a partir deles, um objeto específico de investigação. Tem-se como proposta indicar alguns caminhos teórico-metodológicos que podem orientar a construção de objetos e de procedimentos de pesquisa quando se está diante de fontes documentais como estas. O objetivo deste texto é, então, explicitar os procedimentos de investigação que estão orientando as reflexões sobre os RDHs. Assentadas numa perspectiva histórico-hermenêutica, as pesquisas que vêm sendo desenvolvidas, há alguns anos, sobre os relatórios, têm o propósito de desvendar os embates políticos orientadores de uma forma de interpretar e de conduzir a vida social. As interpretações contidas nos documentos não visam somente revelar os fatores bloqueadores do desenvolvimento humano, mas sim direcionar a formulação de uma agenda pública de ações, práticas e procedimentos


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Ciências Sociais, fundada em 1970. Periódico indexado em LatindexDiadorim e REDIB.  ISSN 2318-4620

Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Ceará
Av. da Universidade, 2995 — Benfica 
Fortaleza, CE — CEP 60020-181 
rcs@ufc.br