Os Usos da Vaza Jato

entre enquadramentos e lutas políticas

Palavras-chave: Escândalos políticos, Lava Jato, Vaza Jato, Enquadramentos, The Intercept Brasil

Resumo

Esse artigo tem como objetivo compreender os diálogos divulgados pelo The Intercept Brasil conhecidos como Vaza Jato no quadro da produção de escândalos no Brasil. Ao definir a Operação Lava Jato como um escândalo político, buscamos entender como a divulgação das mensagens da Vaza Jato impactaram o trajeto da operação e dos atores nela envolvidos. Para tanto, fizemos uma análise quantitativa e qualitativa da repercussão da Vaza Jato em reportagens dos jornais Folha de São Paulo e Estadão entre junho de 2019 e dezembro de 2021, assim como dos desdobramentos político-jurídicos que podem ser associados e em que os achados da Vaza Jato foram mobilizados. Nosso argumento é que a Vaza Jato reconfigurou posições e alterou as percepções do possível dos atores envolvidos na operação.

Biografia do Autor

Lucas e Silva Batista Pilau, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutorando em Ciência Política na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e bolsista do CNPq. Membro do Núcleo de Estudos em Elites, Justiça e Poder Político (NEJUP). Mestre em Ciências Criminais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).

Referências

ADUT, Ari. A Theory of Scandal: Victorians, Homosexuality, and the Fall of Oscar Wilde. American Journal of Sociology, [s. l.], v. 111, n. 1, p. 213–248, 2005.

BOLTANSKI, Luc; CLAVERIE, Elisabeth. Du monde social en tant que scène d’un procès. In: Affaires, Scandales et Grandes Causes: De Socrate à Pinochet. Paris: Stock, 2007.

BOURDIEU, Pierre. Sobre o Estado: cursos no Collège de France (1989-92). São Paulo: Companhia das Letras, 2014.

BRIQUET, Jean-Louis. As condições de sucesso para uma cruzada moral: luta anticorrupção e conflitos políticos na Itália dos anos 90. In: AUTOR; COAUTOR, (org.). Justiça e poder político: elites jurídicas, internacionalização e luta anticorrupção. 1a. ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS/CEGOV, 2021.

BULLA, Beatriz; NEWELL, Courtney. O sol é o melhor desinfetante: o jornalismo investigativo na era da Lava Jato. In: LAGUNES, Paul; ODILLA, Fernanda; SVEJNAR, Jan. Corrupção e o escândalo da Lava Jato na América Latina. Rio de Janeiro: FGV, 2021.

CAMPELLO, Daniela et al. Mídia capturada? Um exame da cobertura brasileira da Lava Jato. In: LAGUNES, Paul; SVEJNAR, Jan; ODILLA, Fernanda. Corrupção e o escândalo da Lava Jato na América Latina. Rio de Janeiro: FGV, 2021.

CLAVERIE, Élisabeth. Procès, affaire, cause. Voltaire et l’innovation critique. Politix, Louvain-la-Neuve, v. 26, n. 2, p. 76–85, 1994.

DAGNES, Alison; SACHLEBEN, Mark (org.). Scandal! an interdisciplinary approach to the consequences, outcomes, and significance of political scandals. New York: Bloomsbury Academic, 2014.

DALLAGNOL, Deltan. A luta contra a corrupção. Rio de Janeiro: Primeira Pessoa, 2017.

______; POZZOBON, Roberson. Ações e reações no esforço contra a corrupção no Brasil. Em: Corrupção: Lava Jato e Mãos Limpas. 1a eded. São Paulo: Portfolio Peguin, 2019.

DE BLIC, Damien; LEMIEUX, Cyril. Le scandale comme épreuve. Éléments de sociologie pragmatique. Politix, Louvain-la-Neuve, v. 71, n. 3, p. 9–38, 2005.

DUARTE, Letícia. Vaza Jato: os bastidores das reportagens que sacudiram o Brasil. 1ª edição. Rio de Janeiro, RJ: Mórula Editorial, 2020.

ENGELMANN, Fabiano (org.). Sociologia Política das Instituições Judiciais. 1a. ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS/CEGOV, 2017.

FERES JÚNIOR, João; BARBARELA, Eduardo; BACHINI, Natasha. A Lava Jato e a mídia. In: FERES JÚNIOR, João; KERCHE, Fábio. Operação Lava Jato e a democracia brasileira. São Paulo: Contracorrente, 2018. p. 199–229.

FERREE, Myra Marx et al. Shaping abortion discourse: democracy and the public sphere in Germany and the United States. Cambridge, UK ; New York: Cambridge University Press, 2002.

GAMSON, Willian Anthony; MODIGLIANI, Andre. The Changing Culture of Affimartive Action. In: BURSTEIN, Paul (org.). Equal Employment Opportunity: labor market discrimination and public policy. New York: Aldine de Gruyter, 1994. (Sociology and Economics).

GOFFMAN, Erving. Frame analysis: an essay on the organization of experience. Northeastern University Press eded. Boston: Northeastern University Press, 1986.

GRÜN, Roberto. Da pizza ao impeachment: uma sociologia dos escândalos no Brasil contemporâneo. São Paulo, SP: Alameda, 2018.

HEURTAUX, Jérôme. Les effets politiques de la lutte anticorruption en Pologne. Droit et société, Paris, v. 72, n. 2, p. 323–338, 2009.

LAGUNES, Paul. Entrevista com Glenn Greenwald. In: LAGUNES, Paul; ODILLA, Fernanda; SVEJNAR, Jan. Corrupção e o escândalo da Lava Jato na América Latina. Rio de Janeiro: FGV, 2021.

LAGUNES, Paul; ODILLA, Fernanda; SVEJNAR, Jan (org.). Corrupção e o escândalo da Lava Jato na América Latina. 1a edição. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2021.

LOPES, Monalisa Soares; ALBUQUERQUE, Grazielle; BEZERRA, Gabriella Maria Lima. “2018, a batalha final”: Lava Jato e Bolsonaro em uma campanha anticorrupção e antissistema. Civitas - Revista de Ciências Sociais, [s. l.], v. 20, n. 3, p. 377–389, 2020.

MARTINS, Cristiano Zanin; MARTINS, Valeska Teixeira Zanin; VALIM, Rafael. Lawfare uma introdução. São Paulo: Editora Contracorrente, 2019.

NASCIMENTO, Solano. Os novos escribas: o fenômeno do jornalismo sobre investigações no Brasil. Porto Alegre: Arquipélago, 2010.

RAYNER, Hervé. Les scandales politiques: l’opération “Mains propres” en Italie. 1st eded. Paris: Michel Houdiard, éditeur, 2005.

RODRIGUES, Fabiana Alves. Operação Lava Jato: aprendizado institucional e ação estratégica na Justiça Criminal. 2019. 264 f. Dissertação de mestrado - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2019.

ROUSSEL, Violaine. Affaires de juges: les magistrats dans les scandales politiques en France. Paris: La Découverte, 2002.

ROUSSEL, Violaine. Scandale. In: FILLIEULE, Olivier et al. Dictionnaire des mouvements sociaux. 2e édition mise à jour et augmentéeed. Paris: Sciences Po les presses, 2020.

SILVA, Terezinha. A pesquisa sobre escândalo político: panorama de 10 anos. Fronteiras - estudos midiáticos, [s. l.], v. 15, n. 3, p. 160–169, 2013.

SILVA, Érica Anita Baptista. Corrupção e opinião pública: o escândalo da Lava Jato no governo Dilma Rousseff. 2017. Tese de Doutorado - Universidade Federal de Minas Gerais, [s. l.], 2017.

THOMPSON, John B. El escandalo político: poder y visibilidad en la era de los medios de comunicación. Barcelona; Buenos Aires: Paidós, 2001.

VAUCHEZ, Antoine. L’institution judiciaire remotivée: Le processus d’institutionnalisation d’une “nouvelle justice” en Italie (1960-2000). Paris: LGDJ, 2004.

VIEIRA, Pedro. Os sentidos da Vaza Jato no discurso dos leitores: o que revelam as caixas de comentários da série investigativa na Folha de S. Paulo. 2021. Trabalho de Conclusão de Curso - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2021.

Publicado
2022-07-01
Seção
Dossiê Probidade Pública