Evasão:

um estudo a partir da gestão da permanência estudantil em Instituições de Ensino Superior da rede privada da cidade do Rio de Janeiro

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29148/labor.v2i26.72039

Palavras-chave:

Evasão; Instituições de ensino superior; Gestão da permanência

Resumo

A evasão é um tema recorrente nas instituições de ensino superior (IES). Para os gestores manter os estudantes nas IES até a sua efetiva diplomação é um grande desafio. Por isso, analisar de que forma as IES da rede privada gerenciam a permanência dos discentes minimizando a evasão é o objetivo deste artigo. Para tanto optou-se por realizar uma pesquisa descritiva, com abordagem qualitativa e estudo de caso envolvendo cinco IES da rede privada na cidade do Rio de Janeiro. Gestores das IES foram entrevistados utilizando-se roteiro de entrevista semiestruturado contendo indagações sobre o objeto do estudo. Os resultados apontaram uma preocupação com a evasão. Contudo, evidenciou-se a falta de alinhamento conceitual sobre evasão e poucas informações sobre as causas e percentuais dos discentes evadidos. Observou-se que a gestão da permanência não é praticada de forma sistêmica, onde todos os setores das IES atuem de forma integrada, contribuindo para melhorar o desempenho das IES mitigando a evasão. O desenvolvimento deste estudo contribui ao identificar oportunidades de melhoria nas IES privadas para a temática evasão a partir da gestão da permanência.

Biografia do Autor

Marcia Regina da Silva Castelucio, Fundação Pedro Leopoldo

Mestre em Administração pela Fundação Pedro Leopoldo (2020). Especialista em Administração Educacional pela Faculdade de Tecnologia Senac Rio (2009). Especialista em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (2006). Especialista em Metodologia do Ensino Superior pela Faculdade de Educação e Letras São Judas Tadeu (1989). Possui Graduação para Professores na Formação Especial do Currículo do Ensino de 2º Grau pela Faculdade Niteroiense de Formação de Professores (1988). Graduada em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1980). Atualmente é Consultora Educacional, com ênfase em Gestão da Permanência Estudantil, e parecerista.ad hoc da Revista Labor, do Laboratório de Estudos do Trabalho e Qualificação Profissional, do Programa de Pós-graduação em Educação, da Universidade Federal do Ceará. Atuou por mais de 30 anos no Senac Rio de Janeiro, ocupando cargos de Diretora da Faculdade de Tecnologia Senac Rio, Gerente Corporativa de Projetos Especiais, Diretora do Centro de Desenvolvimento e Gestão de Negócios, Gerente de Unidade, Diretora de Escola, Coordenadora de Ensino e Professora. Possui vasta experiência em Educação Profissional e Tecnológica, atuando na gestão educacional, comercial, financeira e administrativa, planejamento estratégico de médio e longo prazo, identificação de necessidades e oportunidades locais para o desenvolvimento de pessoas e organizações e estudos de mercado. Forte atuação na elaboração de programas de desenvolvimento profissional em diversas áreas do conhecimento, organização de eventos nacionais e internacionais, gestão orçamentária e estratégica de projetos, condução de estudos de viabilidade para implantação de novas Unidades de Negócio.

Ester Eliane Jeunon, Fundação Pedro Leopoldo

Possui graduação em Psicologia pela Faculdade de Ciências Humanas da Fundação Mineira e Educação - FUMEC (1984), mestrado em Administração pela FACE/Universidade Federal de Minas Gerais (1997) e doutorado em Psicologia pela Universidade de Brasília - UNB e Newcastle University ? Austrália (2004) Atualmente é professora da Faculdade Pedro Leopoldo e professor adjunto IV da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - PUC Minas onde coordena a Incubadora Idéias - unidade Betim. É responsável pelo o grupo de pesquisa NUPET- GES (Núcleo de Pesquisa e Tecnologias em Gestão, Educação e Sustentabilidade) que congrega professores de vários cursos e instituições de ensino (fundamental, técnico e superior)e integra o NESTEMAN - Núcleo de Estudos em Estratégias, Marketing e Negócios do MPA/FPL. Diretora Executiva da Kairós Treinamento em Desenvolvimento Organizacional Ltda e Espaço Terapêutico Jeito de Si. Possui longa experiência no ensino superior (graduação, pós-graduação lato e stricto sensu) e também em gestão e consultoria de organizações públicas, privadas e do terceiro setor. É avaliadora de artigos para diversos periódicos e congressos nacionais e internacionais. Atua nas áreas de Administração e Psicologia, tanto em abordagens técnica como comportamental. Em pesquisa são os seguintes temas de interesse: marketing e comportamento do consumidor, comportamento econômico, inovação e sustentabilidade, metodologias de pesquisa (quantitativa e qualitativa). Atualmente desenvolve estudos sobre Indiciadores de Inovação para micro e pequenas empresas, sustentabilidade e Consumo transformativo.

Referências

ASTIN, A. W. Student involvement: A developmental theory for higher education. Journal of College Student Personnel. 1984. Disponível em: https://psycnet.apa.org/record/1985-18630-001.
BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70. 2011.
BARROS, M. A. N. de, & ARAÚJO, H. P. M. H. de. Educação superior no brasil: permanência de estudantes e rentabilidade do setor privado. Movimento-Revista de Educação. 5(9), 69-106. 2018. Disponível em: https://periodicos.uff.br/revistamovimento/article/view/32677/18825.
BEAN, J. P. Dropouts and turnover: The synthesis and test of a causal model of student attrition. Research in higher education. 1980. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/BF00976194
BEAN, J. P., & METZNER, B. S. A conceptual model of nontraditional undergraduate student attrition. Review of educational Research. 1985. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/abs/10.3102/00346543055004485

Downloads

Publicado

2021-12-29

Como Citar

CASTELUCIO, Marcia Regina da Silva; JEUNON, Ester Eliane. Evasão:: um estudo a partir da gestão da permanência estudantil em Instituições de Ensino Superior da rede privada da cidade do Rio de Janeiro. Revista Labor, [S. l.], v. 2, n. 26, p. 122–149, 2021. DOI: 10.29148/labor.v2i26.72039. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/labor/article/view/72039. Acesso em: 26 maio. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.