Prática de autocuidado de estomizados: contribuições da teoria de Orem

Authors

  • Luciana Catunda Gomes Menezes
  • Maria Vilani Cavalcante Guedes
  • Roberta Meneses Oliveira
  • Shérida Karanini Paz de Oliveira
  • Lídia Stella Teixeira de Meneses
  • Maria Euridéa de Castro

Keywords:

Enfermagem, Estomia, Cuidados de Enfermagem, Autocuidado.

Abstract

Objetivou-se identificar os fatores condicionantes para o autocuidado em pacientes estomizados, verificar saberes e práticas sobre os cuidados com a estomia. Estudo descritivo e qualitativo, tendo como referencial a Teoria do Autocuidado de Orem, realizado na Associação de Estomizados de Fortaleza-CE em junho e julho de 2007. Destacaram-se, como fatores condicionantes para o autocuidado: sexo masculino, idade superior a 51 anos, baixa escolaridade, procedência da capital/região metropolitana, estado civil casado e baixa renda familiar. Dos discursos emergiram três categorias: Aprendendo a cuidar do estoma: sistema de apoio-educação; Cuidar do estoma: saberes e práticas; e Dificuldades encontradas para a prática do autocuidado. Concluiu-se que pessoas estomizadas necessitam de uma assistência de enfermagem multidimensional, individualizada e que os capacite a realizar o autocuidado de forma eficaz.

Published

2013-04-28

How to Cite

Menezes, L. C. G., Guedes, M. V. C., Oliveira, R. M., Oliveira, S. K. P. de, Meneses, L. S. T. de, & Castro, M. E. de. (2013). Prática de autocuidado de estomizados: contribuições da teoria de Orem. Rev Rene, 14(2). Retrieved from http://www.periodicos.ufc.br/rene/article/view/3379

Issue

Section

Research Article