Família, criança-problema e saúde mental – estudo à luz da fenomenologia sociológica

Authors

  • Ana Ruth Macêdo Monteiro
  • Maria Grasiela Teixeira Barroso

Keywords:

Família, Criança, Saúde mental, Enfermagem, Relações pais-filho.

Abstract

A criança pode, em seu contexto escolar, reproduzir uma situação de conflito familiar e ser tipificada como uma criança-problema. A partir das experiências vivenciadas pelas famílias das crianças tipificadas pela escola como problema, procurei compreender o tipo vivido familiar dessas crianças, tendo como fundamento a Fenomenologia Sociológica. Foram entrevistadas dezessete famílias, com no mínimo dois encontros com cada uma. Na procura do sentido da ação subjetiva das famílias, percebi como enfrentam problemas socioeconômicos múltiplos e que, dentro desses conflitos, procuram oferecer aos seus membros, suporte para enfrentar os desafios, e, encontram, também, alternativas para suportar tal realidade com anseios e aspirações. Verifiquei, neste estudo, que a criança-problema na escola é parte de uma família-problema e que, todos os profissionais, não só da área escolar, especificamente, mas da área da saúde, precisam intervir, indo além da criança e buscando atuar junto ao grupo familiar.

DOI:https://doi.org/10.15253/2175-6783.2005000300003

Published

2005-06-24

How to Cite

Monteiro, A. R. M., & Barroso, M. G. T. (2005). Família, criança-problema e saúde mental – estudo à luz da fenomenologia sociológica. Rev Rene, 6(3). Retrieved from http://www.periodicos.ufc.br/rene/article/view/5527

Issue

Section

Research Article

Most read articles by the same author(s)

<< < 1 2 3 4 5