Programas institucionais de assistência aos estudantes no IFNMG/Campus Januária:

contribuições para a permanência estudantil

Autores

  • Iza Manuella Aires Cotrim-Guimarães Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - IFNMG
  • Fernando Selmar Rocha Fidalgo Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

DOI:

https://doi.org/10.29148/labor.v1i26.71837

Palavras-chave:

Evasão escolar. Permanência na escola. Assistência ao estudante.

Resumo

Este artigo apresenta parte dos resultados de uma pesquisa de doutorado sobre desigualdades sociais, evasão e permanência no Ensino Médio integrado de um Instituto Federal, especialmente aqueles relacionados ao suporte e assistência aos estudantes por meio de programas institucionais com essa finalidade. Para tanto, é delineado o perfil dos estudantes que participaram da pesquisa quanto à relação entre condições socioeconômicas e permanência ou não no curso, e analisados os efeitos de tais programas sobre a permanência dos estudantes. Além disso, considerando o cenário de pandemia, o artigo assinala os programas assistenciais implementados nesse contexto de ensino remoto como possibilidade de inclusão e permanência dos estudantes. Os resultados apontam que a implementação de programas institucionais de assistência aos estudantes é fundamental para que estes possam permanecer no curso, levando-os a persistir na sua conclusão mesmo diante de desafios e dificuldades verificadas, dentre outros aspectos, devido às suas condições socioeconômicas e/ou dificuldades acadêmicas. Também é possível inferir que os programas implementados durante a pandemia têm um peso significativo sobre a permanência dos estudantes, mas ressalta-se que uma análise mais consistente sobre evasão e permanência no ensino remoto deve ser realizada pela instituição a fim de fundamentar e embasar o planejamento das ações de apoio e assistência, inclusive aquelas que, como o auxílio de inclusão digital, podem ser adotadas para além do contexto da pandemia.

Biografia do Autor

Iza Manuella Aires Cotrim-Guimarães, Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - IFNMG

Graduada em Pedagogia pela Unimontes. Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Educação, da UFMG. É especialista em Docência para a Educação Profissional e Mestre em Saúde Pública com ênfase na Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde pela Escola Nacional de Saúde Pública/Fiocruz. Tem formação pedagógica pelas Universidades de ciências aplicadas de Tampere e de Häme, ambas na Finlândia. Atualmente é professora nos cursos de Licenciatura do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, campus Januária, onde já atuou como Coordenadora Institucional e Coordenadora de Gestão de Processos Educacionais no Programa Institucional de Bolsa Iniciação à Docência - Pibid. Também atuou como Diretora do Departamento de Ensino Técnico no IFNMG/Campus Januária e como coordenadora dos cursos de Formação de professores (Licenciaturas em Ciências Biológicas, Física e Matemática) Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Profissional, Gestão do Trabalho em Saúde e Educação na Saúde, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação profissional, currículo integrado, evasão e permanência, metodologias ativas e educação permanente em saúde.

Orcid: https://orcid.org/0000-0002-1680-886X

Fernando Selmar Rocha Fidalgo, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

Professor Titular do Departamento de Administração Escolar (DAE/FaE) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Doutor em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), Mestre em Educação pela UFMG e Pedagogo pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Vice-coordenador do Grupo de Pesquisa "Observatório Nacional do Sistema Prisional (ONASP)", Coordenou o Programa de Capacitação dos Servidores do Sistema Prisional (CASSP) e o Núcleo de Pesquisas em Educação a Distância (CAED-UFMG). É membro do Colegiado do Programa de Pós-graduação em Educação da UFMG - orientando mestrados e doutorados, e do Núcleo de Estudos sobre Trabalho e Educação. Criador e Co-editor da Revista Trabalho & Educação. Editor-adjunto da Educação em Revista da UFMG. Foi Diretor de Educação a Distância da UFMG (2010-2014). Foi pesquisador visitante no Institut de Recherches Economiques et Sociales (1996-1998). Realizou residência Pós-doutoral na Université Paris X (2003-2004) e, também, na Universidade do Porto (2009-2010). Bolsista de Produtividade do CNPq.

Orcid:

https://orcid.org/0000-0001-9412-612X

Referências

BERNARD, Pierre Yves. Les inégalités sociales de décrochage scolaire. Paris: Cnesco, 2016.
CIAVATTA, Maria. A formação integrada: a escola e o trabalho como lugares de memória e identidade. In: FRIGOTTO, Gaudêncio; CIAVATTA; Maria; RAMOS, Marise. (Orgs). Ensino Médio Integrado: concepções e contradições. São Paulo: Cortez, 2005, p.83-105.
CIAVATTA, Maria; RAMOS, Marise. A “era das diretrizes”: a disputa pelo projeto de educação dos mais pobres. Revista Brasileira de Educação, v. 17, n. 49, p. 11-37, jan/abr. 2012.
COTRIM-GUIMARÃES, Iza Manuella Aires; DORE, Rosemary. Evasão escolar no Ensino Médio integrado e condições socioeconômicas dos estudantes: um estudo de caso. In: V COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E EVASÃO ESCOLAR, 2018, São Luís (MA). Anais do V Colóquio Internacional sobre Educação Profissional e Evasão Escolar. São Luís (MA): IFMA, v.1, p. 263-284.
DORE, Rosemary; LÜSCHER, Ana Zuleima. Permanência e Evasão na Educação Técnica de Nível Médio em Minas Gerais. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v.41, n.144, p. 772 – 789, set/dez 2011.
DORE, Rosemary; SALES, Paula Elizabeth Nogueira. Origem social dos estudantes como contraponto à evasão e à permanência escolar nos cursos técnicos da Rede Federal de Educação Profissional. In: DORE, Rosemary; SALES, Paula Elizabeth Nogueira; SILVA, Carlos Eduardo Guerra (Orgs.). Educação Profissional e evasão escolar: contextos e perspectivas. Belo Horizonte: RIMEPES, 2017, p. 113- 134.
DUBET. Qual democratização do Ensino Superior? Caderno CRH, v. 28, n. 74, p. 255-65 mai./ago. 2015.
ENGSTROM, Cathy. TINTO, Vincent. Access without Support Is Not Opportunity. Change, v. 40, n. 1, p. 46-50, jan/fev. 2008.
FIORENTINI, Riccardo. Crescimento econômico e educação: o papel das desigualdades sociais. In: DORE, Rosemary, ARAÚJO, Adilson César de; MENDES, Josué de Sousa (Orgs.). Evasão na educação: estudos, políticas e propostas de enfrentamento_ Brasília: IFB/CEPROTEC/RIMEPES, 2014, p. 21-56.
GENTILE, Maurizio; TACCONI, Giuseppe. Early School Leaving: in search of measurements and educational policies. In: DORE, Rosemary; SALES, Paula Elizabeth Nogueira; SILVA, Carlos Eduardo Guerra (Orgs.). Educação Profissional e evasão escolar: contextos e perspectivas. Belo Horizonte: RIMEPES, 2017, p. 257-294.
INSTITUTO FEDERAL DO XXXXXXX/CAMPUS XXXXX (IFXXX/CAMPUS XXXXX). Edital nº 44, de 30 de março de 2016. Disponível em <http://IFXXX.edu.br/assist-estudantil-jan/editais> Acesso em 19 nov. 2019.
MANFREDI, Sílvia Maria. Educação Profissional no Brasil: atores e cenários ao longo da história. Jundiaí (SP): Paco Editorial, 2016.
RAMOS, Marise Nogueira. Ensino Médio Integrado: Possibilidades e desafios. In: FRIGOTTO, G.; CIAVATTA; M.; RAMOS, M. (Orgs). Ensino Médio Integrado: concepções e contradições. São Paulo: Cortez, 2005, p.106-127.
__________. Concepção do Ensino Médio Integrado. Disponível em http://forumeja.org.br/go/sites/forumeja.org.br.go/files/concepcao_do_ensino_medio_integrado5.pdf Acesso em 23 jun 2017.
RUMBERGER, Russell W.; THOMAS, Scott L. The distribution of dropout and turnover rates among urban and suburban high schools. Sociology of Education, v.73, p. 39-67, Jan. 2000.
TINTO, Vincent. Leaving College: rethinking the causes and cures of student attrition. 2 ed. Chicago, USA: The University of Chicago Press, 1993.
__________. Enhancing Student Persistence: Connecting the Dots. In: Conference Optimizing the Nation’s Investment: Persistence and Success in PostsecondaryEducation, oct. 2002, University of Wisconsin, Madison, Wisconsin.
__________. Student Retention: What Next? In: National Conference on Student Recruitment, Marketing, and Retention, Washington, D.C., July 27-3, 2005.
_________. Reflections on Student Persistence. Student Success, v.01, n. 02, p. 01-08, jul. 2017.

Downloads

Publicado

2021-11-02

Como Citar

COTRIM-GUIMARÃES, Iza Manuella Aires; FIDALGO, Fernando Selmar Rocha. Programas institucionais de assistência aos estudantes no IFNMG/Campus Januária:: contribuições para a permanência estudantil . Revista Labor, [S. l.], v. 1, n. 26, p. 120–145, 2021. DOI: 10.29148/labor.v1i26.71837. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/labor/article/view/71837. Acesso em: 23 maio. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

<< < 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.