Educação em tempos de pandemia:

reflexões a partir de uma experiência no ensino remoto

Autores

  • Vinícius Ramos Puccinelli UFSC/ Doutorando do Programa de Pós-graduação em Educação PPGE-UFSC
  • Astrid Baecker Universidade Federal de Santa Catarina
  • Célia Regina Vendramini Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
  • Mauro Titton Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

DOI:

https://doi.org/10.29148/labor.v1i26.71889

Palavras-chave:

Crise. Capital. Relação capital-trabalho. Condições para ensino-aprendizagem.

Resumo

Este texto traz reflexões de uma experiência vivida por quatro docentes em uma disciplina compartilhada no Curso de Pedagogia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), durante o primeiro semestre excepcional no qual a Instituição optou por dar continuidade às atividades de ensino por meio do “ensino remoto emergencial” durante a pandemia do SARS-Cov-2, entendida no contexto de uma crise sanitária e da crise estrutural do capital. Refletimos a experiência do “ensino remoto” em diálogo com as referências bibliográficas que balizaram a própria disciplina ministrada e com os trabalhos realizados pelos discentes, o que permitiu identificar alguns efeitos dessa forma de “ensino” para a formação profissional e humana e como respondem a interesses de classes sociais distintas.

Biografia do Autor

Vinícius Ramos Puccinelli, UFSC/ Doutorando do Programa de Pós-graduação em Educação PPGE-UFSC

Graduado em Ciências Biológicas/Bacharelado pela Universidade Federal de Rio Grande (2010 - 2014) e em Ciências Biológicas/Licenciatura (2015 - 2017) pela mesma Universidade. Obteve o título de mestre em educação ambiental (2014 - 2016) pelo Programa de Pós-graduação em Educação Ambiental (stricto sensu). Em 2021, formou-se em Pedagogia pelo Centro Universitário Internacional. Atualmente é doutorando no Programa de Pós-graduação em Educação na Universidade Federal de Santa Catarina e membro do grupo de estudos capital, trabalho e educação (GECATE). Possui especial interesse nas temáticas inseridas na relação Educação e Trabalho, Políticas Educacionais, Educação Popular, Trabalho-sociedade-natureza e Crítica da Economia Política.

https://orcid.org/0000-0002-0751-4763

Astrid Baecker, Universidade Federal de Santa Catarina

Professora da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Educação e Educação Física escolar, com atuação em ginástica e dança, Desenvolve investigação e ação nos seguintes temas: Política educacional, Ontologia e Realismo Crítico, Produção do conhecimento em Educação Física, Política de pós-graduação, Formação docente.

https://orcid.org/0000-0003-4868-3026

Célia Regina Vendramini, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Professora titular da Universidade Federal de Santa Catarina. Membro do Núcleo de Estudos sobre as Transformações no Mundo do Trabalho e do grupo de pesquisa Migração e Educação. Foi coordenadora do GT Trabalho e Educação da ANPEd no período de 2015 a 2017. Coordenou o Programa de Pós-Graduação em Educação da UFSC no período de 2010 a 2012 e, em 2020 (julho a outubro), como pró-tempore. Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal de Santa Catarina (1989), Mestrado (1992) e Doutorado (1997) em Educação pela Universidade Federal de São Carlos/SP, Pós-Doutorado pela Universidade de Lisboa (2005) e pela Cornell University (2013). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Trabalho e Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: trabalho, migração e escolarização; reprodução social e educação; movimentos sociais e educação; educação do campo. Pesquisadora Produtividade em Pesquisa do CNPq..

Orcid: https://orcid.org/0000-0001-9600-2868

Mauro Titton, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

É graduado em Educação Física - Licenciatura Plena pela Universidade Federal de Santa Maria (2003), possui Mestrado em Educação pela Universidade Federal da Bahia (2006) e Doutorado em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2010), com Doutorado Sanduíche na Universidad de Pinar del Río/Cuba (2008). Realizou estudos de Pós-doutorado na Faculdade de Ciências Políticas e Sociologia da Universidade Autônoma de Barcelona/Espanha (2017/2018). Atualmente é Professor do Departamento de Metodologia de Ensino do Centro de Ciências da Educação da Universidade Federal de Santa Catarina e Coordenador do PRONERA/CED/UFSC. Foi membro pesquisador do Núcleo de Estudos sobre as Transformações no Mundo do Trabalho - TMT/UFSC e do Grupo LEPEL/FACED/UFBA. É membro pesquisador do Grupo de Investigação sobre Políticas Educacionais (GIPE-Marx - UFSC). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Pedagogia (Aprendizagem e Desenvolvimento), em Educação do Campo e em Ensino Profissional, e em Educação Física, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, trabalho e educação, políticas públicas, políticas educacionais e movimentos sociais. 

Orcid: https://orcid.org/0000-0001-9146-4019

Referências

ANTUNES, Ricardo. O privilégio da servidão: o novo proletariado de serviços na era digital. 2.ed. São Paulo: Boitempo, 2020. (Coleção mundo do trabalho), 335 p.
BHATTACHARYA, Tithi. O que é a teoria da reprodução social? Revista Outubro, n.32, 2019. Disponível em:<http://outubrorevista.com.br/wp-content/uploads/2019/09/04_Bhattacharya.pdf>. Acesso em: 20 mai. 2020.
BHATTACHARYA, Tithi. Reprodução social e a pandemia – Entrevista. Revista Movimento, 7 de abril de 2020. Disponível em: <https://movimentorevista.com.br/2020/04/reproducao-social-e-a-pandemia-com-tithi-bhattacharya/>. Acesso em: 20 mai. 2020.
BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação/ Conselho Pleno. Parecer CNE/CP Nº 19/2020. Aprovado em 8 de dezembro de 2020.
DAVIS, Mike. A crise do coronavírus é um monstro alimentado pelo capitalismo. In: DAVIS, Mike et al. Coronavirus e a luta de classes. Brasil: Terra sem Amos, 2020. p. 05-12.
EVANGELISTA, Olinda. Tragédia docente no Brasil. Colóquio Internacional Marx e o Marxismo 2017. Anais. Niterói/RJ, NIEP-Marx, 2017.
EVANGELISTA, Olinda, PICCHETTI, Carolina. A quem interessa o ensino remoto nas universidades públicas? Live MUP-UFSC, 2020. Disponível em <https://www.youtube.com/watch?v=vfujec9ZUGs> acesso em: 28 ago. 2021.
FONTES, Virgínia; LEHER, Roberto. Privatizações e a situação da educação pública em meio à pandemia. Live do Serafini. Disponível em <https://www.youtube.com/watch?v=nJKoWRHyxgo> acesso em: 28 ago. 2021.
FREITAS, Luiz Carlos. A internalização da exclusão. Educação e Sociedade, Campinas, v. 23, n. 80, setembro/2002, p. 299-325. Disponível em: <https://www.scielo.br/pdf/es/v23n80/12934.pdf> acesso em: 28 ago. 2021.
FURTADO, Jorge. ILHA DAS FLORES, Documentário. 13 min. Porto Alegre: Casa de Cinema de Porto Alegre.1989. Disponível em <http://portacurtas.org.br/filme/?name=ilha_das_flores>, acesso em: 14 ago. 2020.
KATZ, Cindi. Capitalismo vagabundo e a necessidade da reprodução social. GEOUSP (Online), São Paulo, v. 23, n. 2, p. 435-452, mai/ago 2019.
KUENZER, Acácia Zeneida (2016) Trabalho e escola: a aprendizagem flexibilizada. Trabalho apresentado em: XI Reunião Científica da Anped Sul, Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Educação – ANPED, Curitiba: 24 a 27 de julho de 2016. http://www.anpedsul2016.ufpr.br/wp-content/uploads/2015/11/Eixo-21-Educa%C3%A7ao-e-Trabalho.pdf acesso em: 28 ago. 2021.
MARX, Karl. O capital: crítica da economia política. Livro 1. 2.ed. São Paulo: Boitempo, [1866] 2017. (Coleção Marx e Engels).
MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Manifesto do Partido Comunista. Porto Alegre: L&PM, [1848] 2013. (Coleção L&PM POCKET; v.227).
MÉSZÁROS, István. A alienação e a crise da educação. In: A teoria da alienação em Marx. São Paulo: Boitempo, [1970] 2006, p. 263-282.
SANTOS, Luiz Fernando de Souza. Pandemia e Capitalismo. Revista Movimento (online). 23 de março de 2020. Disponível em <https://movimentorevista.com.br/2020/03/pandemia-e-capitalismo/>, acesso em: 14 ago. 2020.
SEKI, Allan Kenji. Determinações do capital financeiro no ensino superior: fundo público, regulamentações e formação de oligopólios no Brasil (1990-2018). Tese (Doutorado em Educação), Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2020.
SOUZA, Artur Gomes; EVANGELISTA, Olinda. Pandemia! Janela de oportunidades para o capital educador. Contrapoder, 15 de abril de 2020. Disponível em https://contrapoder.net/colunas/pandemia-janela-de-oportunidade-para-o-capital-educador/ acesso em 28 ago. 2021.
VENCO, Selma. Há um processo de quase-uberização dos docentes. Contrapoder, 30 de junho de 2020. Disponível em https://contrapoder.net/entrevista/ha-um-processo-de-quasi-uberizacao-dos-docentes-afirma-selma-venco/ acesso em 28 ago. 2021.

Downloads

Publicado

2021-11-04

Como Citar

RAMOS PUCCINELLI, Vinícius; BAECKER, Astrid; VENDRAMINI, Célia Regina; TITTON, Mauro. Educação em tempos de pandemia:: reflexões a partir de uma experiência no ensino remoto. Revista Labor, [S. l.], v. 1, n. 26, p. 257–280, 2021. DOI: 10.29148/labor.v1i26.71889. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/labor/article/view/71889. Acesso em: 17 abr. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.