Entre Saberes e Fazeres:

a Formação de Professores de Cursos da Área da Saúde de Escolas Particulares de Nível Técnico

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29148/labor.v1i27.72048

Palavras-chave:

Educação Profissional e Tecnológica, Formação docente, Profissional da saúde, Rede privada de ensino, Levantamento bibliográfico.

Resumo

No contexto da Educação Profissional e Tecnológica (EPT), fazem-se reflexões acerca das relações diretas que vivências e experiências adquiridas ao longo da vida profissional, podem definir a atual situação do sujeito que é professor. Partiu-se, então, da perspectiva frente à falta de formação para a docência na EPT, bem como, a não obrigatoriedade da formação em licenciatura para exercer tal papel. A pesquisa tem como objetivo investigar como ocorre a formação de professores de escolas técnicas privadas atuantes em cursos técnicos da área da saúde. E, por meio desse aprofundamento nas histórias de vida, pretende-se discorrer a trajetória de formação dos professores, verificando o que eles identificam como realização profissional docente. Quanto aos aspectos metodológicos, será realizada uma pesquisa de abordagem qualitativa, fazendo uso do método História Oral de Vida (HOV) de Meihy e Holanda (2007) e, para análise dos dados, propõe-se a Análise Textual Discursiva de Moraes e Galiazzi (2006). Farão parte da pesquisa professores de cursos da saúde atuantes em duas escolas técnicas da rede privada do município de Santa Maria-RS, que por meio de entrevista pré-agendada, irão discorrer sobre sua trajetória de vida profissional. Assim, a partir do processo de autorreflexão, estima-se promover ao professor um momento potente para contribuir para seu desenvolvimento profissional docente, o que pode fomentar a investidura em cursos de aperfeiçoamento, leituras e demais atividades.

Biografia do Autor

Suzel Lima da Silva, Colégio Politécnico da UFSM.

Terapeuta Ocupacional graduada pela Universidade Federal de Santa Maria no ano de 2013. Especialização no Programa de Residência Multiprofissional em Gestão e Atenção Hospitalar no Sistema Público de Saúde com Ênfase em Hemato-oncologia da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) concluída em 2016. Atuo na área de hemato-oncologia infanto-juvenil por meio da participação do Programa de Extensão denominado "CAACTO" (Cuidado e Atenção à Criança em Tratamento Oncológico) desde o ano de 2011, sendo no ano de 2018 iniciado como uma das co-orientadoras do programa. Mestranda junto ao Programa de Pós-graduação em Educação Profissional e Tecnológica da UFSM e bolsista junto à Coordenadoria de Assuntos Educacionais (CAEd-UFSM) no Núcleo de Acessibilidade, atuando na assistência estudantil com serviço especializado de Terapia Ocupacional. Mais recentemente, atuo como colaboradora no Projeto de Extensão Terapia Ocupacional, Educação Inclusiva e Ações Interdisciplinares- TEIA da UFSM, com foco em ações de acompanhamento de estudantes que apresentam condições de deficiência, inlcuindo a infância até vida adulta. E, participante do Grupo de Pesquisa Educação, Saúde e Inclusão (GEPEDUSI) também da UFSM. Doutoranda no Programa de Pós-graduação em Educação- UFSM, linha de pesquisa L3: Educação Especial, Saúde e Diferença no ano de 2021. Professora Substituta, Colégio Politécnico da UFSM.

Francisco Nilton Gomes de Oliveira, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Faculdade de Medicina

Possuo Graduação em Terapia Ocupacional pela Universidade de Fortaleza, Bacharelado em Direito pela Faculdade Cenecista- CNEC, Rio de Janeiro; Mestrado em Psicologia pela Universidade de Fortaleza,; Doutorado em Linguística pela Universidade Federal de Pernambuco e Pós Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul- (UFGRS). Professor Associado, na Universidade Federal do Rio de Janeiro- UFRJ - Faculdade de Medicina - Departamento de Terapia Ocupacional, bem como, docente voluntário do Mestrado Educação Profissional e Tecnológica do Colégio Técnico Industrial na Universidade Federal de Santa Maria( UFSM). Linha de pesquisa: Políticas, Avaliação e Gestão em Educação Superior. Acumulo experiência na área de Gestão em Educação superior, Direção de Ensino, Coordenação de Cursos, Coordenação do Programa em Saúde Mental, Tutor e Preceptor da Residência Multiprofissional em Saúde Mental da UFSM e Avaliador do MEC/INEP. Autor dos Livros: O universo linguístico: uma releitura filosófica na linguagem humana; Cenários e determinantes na educação superior no Brasil: caminhos reflexões sobre as práticas institucionais de ensino; Educação Superior: refletindo caminhos e compartilhando relatos de experiências; Modelos e experiências de uma rede de atenção em saúde mental; Acessibilidade Cultural no Brasil: narrativas e vivências em ambientes sociais e Terapia Ocupacional: Saberes e Fazeres, Sou Pesquisador da Rede de Estudos em Universidade (Rede GEU) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul- (UFRGS) .

Amara Lúcia Holanda Tavares Battistel, Univeridade Federal de Santa Maria - UFSM

Graduou-se em Terapia Ocupacional pela Universidade Federal de Pernambuco (1982), mestre e doutora em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (1992/2016). Atuou como docente no Curso de Pedagogia da Universidade de Cruz Alta (1997/2003). Implantou e coordenou o curso de Terapia Ocupacional do Centro Universitário Franciscano - UNIFRA (2004/2009). Atualmente é Professora Adjunta do Departamento de Terapia Ocupacional da Universidade Federal de Santa Maria (2009). Coordena o Programa Interdisciplinar de Extensão CAACTO: Cuidado e Atenção ao Adolescente e à Criança em Tratamento Oncológico. Tem experiência na área de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, com ênfase na Formação de Professores e em Terapia Ocupacional na área da Saúde da Criança, atuando principalmente nos seguintes temas: desenvolvimento infantil, oncologia infanto-juvenil e educação inclusiva.

Referências

ALVES, A. P. da C.; BRANCHER, V. R. Um olhar sobre a docência do professor não Licenciado na educação profissional e tecnológica: Uma pesquisa bibliográfica. Contexto & Educação. Editora Unijuí . ISSN 2179-1309, Ano 35, nº 112. Set./Dez. 2020. Disponível em: https://www.revistas.unijui.edu.br/index.php/contextoeducacao/article/view/10322.

BATTISTEL, A. L. H. T. História Oral de professores de Terapia Ocupacional: três vidas, três histórias, quatro cantos do Brasil. 2016. 309 p. Tese (doutorado)- Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, RS, 2016.

BERNARDES, C. A. de A. Concepções de formação de professores (manuscrito): perspectiva emancipatória na produção acadêmica do Centro-Oeste. Dissertação (Mestrado em Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás). Goiânia, 2013. Professora orientadora: Solange Martins Oliveira Magalhães.

BRASIL. LEI Nº 12.513, DE 26 DE OUTUBRO DE 2011. Institui o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Diário Oficial da União, Brasília, DF, 27 de outubro de 2011. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/lei/l12513.htm

BRASIL. MEC. Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (Sistec). Disponível em: http://sistec.mec.gov.br/consultapublicaunidadeensino/

BOLZAN, Doris Pires Vargas; ISAIA, Silvia Maria Aguiar; MACIEL, Adriana Moreira da Rocha. Formação de professores: a construção da docência e da atividade pedagógica na Educação Superior. Rev. Diálogo Educ., Curitiba, v. 13, n. 38, p. 49-68, jan./abr. 2013. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/index.php/dialogoeducacional/article/viewFile/7817/7550. Acesso em: 10 de Maio de 2019.
CAETANO, D. L. do N. S. Trabalho docente de mulheres em Goiânia-GO. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Goiás). Catalão, GO, 2014. Professora orientadora: Carmem Lúcia Costa.

CALEGARI, C. R. O perfil profissional docente dos egressos da Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Uberlândia/MG. Dissertação (Mestrado em Educação Física). Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, MG, 2017. Professora orientadora: Regina Maria Rovigati Simões.

DE SOUZA, Aparecida Neri. Trajetórias de professores da Educação Profissional. Pro-Posições, v. 16, n. 3 (48) - set./dez. 2005. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8643685. Acesso em: 16 de Maio de 2019.

DIAS, J. C., DA SILVA, J. A. F. Caderno de dados [recurso eletrônico]: memória Institucional: Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – Pronatec: iniciativa bolsa-formação: 2011-2017 /. – 1. ed. - Vitória: Instituto Federal do Espírito Santo, 2019. 327 p. Disponível em: https://educapes.capes.gov.br/handle/capes/564712

FÁVERO, Altair Alberto; TONIETO, Carina; ROMAN, Marisa Fátima. A formação de professores reflexivos: a docência como objeto de investigação. Educação | Santa Maria | v. 38 | n. 2 | p. 277-288 | maio/ago. 2013. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao/article/view/5483. Acesso em: 10 de Maio de 2019.

FERREIRA FILHO, J.L. Formação do profissional de Radiologia em nível técnico na região metropolitana do Rio de Janeiro: Um estudo exploratório. 2010, 100f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Profissional em Saúde) - Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2010.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 13. ed., Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996.

______. Pedagogia do Oprimido. 46 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 43. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2011.
IMBERNÓN, F. Formação permanente do professorado: novas tendências. São Paulo: Cortez, 2009.

IMBERNÓN, F. Formação docente e profissional, formar-se para a mudança e a incerteza. São Paulo: Cortez, 2011.

LOPES, S.O.F. Formação e trabalho em saúde: uma análise a partir da percepção de Técnicos em Radiologia. 2013, 80f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Profissional em Saúde) - Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2013.

MANFREDI, S. M. Educação Profissional no Brasil. São Paulo: Cortez, 2002.

MEIHY, J.C. S. B.; Manual de História Oral. 5 ed. São Paulo: Edições Loyola, 2005.

MEIHY, J.C. S. B.; HOLANDA, F. História Oral: como fazer, como pensar. São Paulo: Contexto, 2007.

MORAES, R.; GALIAZZI, M. C. Análise textual discursiva. 2. ed. Ijuí: Ed. Unijuí, 2013.

NASCIMENTO, Wilson Elmer; BAROLLI Elisabeth. Desenvolvimento profissional docente: a trajetória de uma professora supervisora no PIBID. Educação em Revista| Belo Horizonte|n.34|e169378|2018. Disponível em: http://educacaoemrevistaufmg.com.br/?artigo=desenvolvimento-profissional-docente-a-trajetoria-de-uma-professora-supervisora-no-pibid. Acesso em: 15 de Maio de 2019.

OLIVEIRA, S. R. et al.. Qualificação dos Técnicos em Radiologia: história e questões atuais. In: MOROSINI, M.V.G.C. et al.. (Orgs.). Trabalhadores Técnicos da Saúde: aspectos da qualificação profissional no SUS. Rio de Janeiro: EPSJV, 2013.

OLIVEIRA, S. C. V. de. Avaliação do desempenho docente: o curso de Educação Física. Dissertação (Mestrado em Educação Física, Universidade Federal do Triângulo Mineiro). Uberaba, MG, 2014).

PIMENTA, Selma Garrido. Formação de professores: identidade e saberes da docência. In: PIMENTA, Selma Garrido. (Org). Saberes pedagógicos e atividade docente. São Paulo: Cortez Editora, 1999. (p. 15 a 34)
PIMENTA, S.G. Formação de professores: Identidade e saberes da docência. In: PIMENTA, S.G. (Org.). Saberes pedagógicos e atividade docente. 8ed. São Paulo: Cortez, 2012. p.15-38.
PIMENTA, S. G.; LIMA, M.S.L. Estágio e docência: diferentes concepções. Revista Poíesis.v.3, n. 3, p.5-24, 2006. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/poiesis/article/view/10542
SANTA MARIA (município). Documento-base Plano Municipal de Educação. Fórum Municipal de Educação, 2015. Disponível em: https://www.santamaria.rs.gov.br/smed/?secao=documentos&tipo=140&lista=1. Acesso em: 20 de março de 2020.

SANTOS, R. de O. Análise do perfil dos docentes e das práticas pedagógicas nos Cursos Técnicos em Radiologia. Dissertação (Mestrado em Educação Profissional em Saúde). Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio. Rio de janeiro, RJ, 2016.

SILVA, V. O. da. Aposentadoria: o trabalho e o sentido de sua continuidade para o professor do ensino superior. Dissertação (Mestrado em Educação, Escola de Comunicação, Educação e Humanidades da Universidade Metodista de São Paulo). São Bernardo do Campo, SP, 2017.

Downloads

Publicado

2022-07-08

Como Citar

SILVA, Suzel Lima da; OLIVEIRA, Francisco Nilton Gomes de; BATTISTEL, Amara Lúcia Holanda Tavares. Entre Saberes e Fazeres: : a Formação de Professores de Cursos da Área da Saúde de Escolas Particulares de Nível Técnico . Revista Labor, [S. l.], v. 1, n. 27, p. 420–439, 2022. DOI: 10.29148/labor.v1i27.72048. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/labor/article/view/72048. Acesso em: 18 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

<< < 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.