Ensino médio integrado:

em busca da utopia da formação integrada

Autores

  • Everton de Souza Instituto Federal de Educação de Santa Catarina - IFSC
  • Larissa Cerignoni Benites Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

DOI:

https://doi.org/10.29148/labor.v1i25.62773

Palavras-chave:

Ensino médio integrado, Politecnia, Capitalismo

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo compreender a construção e o desenvolver do ensino médio integrado no país. A investigação justifica-se pela necessidade de superar a dualidade que historicamente permeia a educação brasileira, em que as elites dominantes recebem uma educação diferenciada quando comparada com a classe proletária. No que se refere aos aspectos metodológicos, a pesquisa caracteriza-se como revisão bibliográfica, na qual utilizou-se artigos científicos, teses, documentos oficiais e livros de autores renomados que pesquisam a temática no Brasil. Os bancos de dados utilizados foram o Google Scholar e Scielo para buscar artigos científicos, o Catálogo de Teses e Dissertações da Capes para encontrar teses e, também, diversos sites institucionais e governamentais para encontrar leis, decretos e documentos que tratam sobre o tema. Compreendemos que o ensino médio integrado, alicerçado nos pressupostos da formação politécnica e omnilateral, apresenta-se como um importante elemento para superar o cenário dicotômico observado na educação brasileira – possibilitando a emancipação humana dos educandos – desde que trilhe os caminhos propostos para esta modalidade de curso e que não se submeta às regras do sistema capitalista.

Biografia do Autor

Everton de Souza, Instituto Federal de Educação de Santa Catarina - IFSC

Mestrando em Educação pela Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC. Graduado em Educação Física Licenciatura pela Faculdade Guairacá (2015). Atualmente é servidor TAE - Técnico Administrativo em Educação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina - IFSC.

Orcid: https://orcid.org/0000-0001-6695-0891

 

Larissa Cerignoni Benites, Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Licenciada em Educação Física, Mestre e Doutora em Ciência da Motricidade pela Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho- UNESP. Professora na Universidade do Estado de Santa Catarina- UDESC vinculada ao Centro de Ciências da saúde e do esporte- CEFID e credenciada no Programa de Pós-graduação em Educação do Centro de Ciências Humanas e Educação- FAED/UDESC na linha de pesquisa Políticas Educacionais, Ensino e Formação.

Orcid: https://orcid.org/0000-0001-6144-5298

Referências

BENFATTI, X. D. O currículo do Ensino Médio Integrado: da intenção à realização. 2011. 221f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011.
BRASIL. Decreto nº 5.154 de 23 de julho de 2004. Brasília, 2004. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/decreto/d5154.htm Acesso em: 30 de outubro de 2020.
BRASIL. Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrada ao Ensino Médio. Brasília: Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, Ministério da Educação, 2007. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/setec/arquivos/pdf/documento_base.pdf Acessado em: 06 de outubro de 2020.
CARDOSO, M. G. R. Integração no Ensino Médio: luta hegemônica pela significação do currículo. 2017. 210f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Pará, Belém, 2017.
CIAVATTA, M.; RAMOS, M. Ensino Médio e Educação Profissional no Brasil: dualidade e fragmentação. Revista Retratos da Escola, Brasília, v.5, n.8, p.27-41, jan./jun., 2011. Disponível em: http://retratosdaescola.emnuvens.com.br/rde/article/view/45/42. Acessado em: 10 de dezembro de 2020.
FONSECA, J. J. S. Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UECE, 2002. Disponível: http://www.ia.ufrrj.br/ppgea/conteudo/conteudo-2012-1/1SF/Sandra/apostilaMetodologia.pdf. Acessado em: 23 de outubro de 2020.
FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M.; RAMOS, M. Ensino médio integrado: concepção e contradições. 1.ed. São Paulo: Cortez, 2005.
FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M.; RAMOS, M. N. Ensino Médio Integrado: concepção e contradições. 3.ed. São Paulo: Cortez, 2012.
FRIGOTTO, G. A polissemia da categoria trabalho e a batalha das ideias nas sociedades de classe. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v.14, n.40, p.168-194, jan./abr., 2009. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-24782009000100014&script=sci_abstract&tlng=pt. Acessado em: 12 de dezembro de 2020.
FRIGOTTO, G. Concepções e mudanças no mundo trabalho e o ensino médio. Centro de Educação Tecnológico do Estado da Bahia. CETEB, 2008. Disponível em: http://www.ia.ufrrj.br/ppgea/conteudo/conteudo-2008-2/Educacao-MII/2SF/2-Frigotto2008.pdf Acessado em: 17 de novembro de 2020.
FRIGOTTO, G. Educação Omnilateral. In: CALDART, R. S.; PEREIRA, I. B.; ALENTEJANO, P.; FRIGOTTO, G. (Orgs.) Dicionário da Educação do Campo. p.267-274. São Paulo: Expressão Popular, 2012a.
FRIGOTTO, G. Educação Politécnica. In: CALDART, R. S.; PEREIRA, I. B.; ALENTEJANO, P.; FRIGOTTO, G. (Orgs.) Dicionário da Educação do Campo. p.267-274. Rio de Janeiro, São Paulo: Expressão Popular, 2012b.
HORTA, J. S. B. A educação na Itália fascista: as reformas Gentile (1922-1923). História da Educação, Pelotas, v.12, n.24, p.179-223, jan./abr., 2008. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/asphe/article/view/29249. Acessado em: 12 de dezembro de 2020.
MOURA, D. H. Ensino médio integrado: subsunção aos interesses do capital ou travessia para a formação humana integral? Revista Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 39, n. 3, p. 705-720, jul./set. 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1517-97022013000300010&script=sci_abstract&tlng=pt. Acessado em: 10 dezembro de 2020.
SANT’ANA, W. P.; SILVA, H. B.; LEMOS, G. C. Ensino Médio Integrado à Educação Profissional: algumas concepções. Revista Tecnia, v.3, n.1, p.66-87, 2018. Disponível em: http://revistas.ifg.edu.br/tecnia/article/view/124. Acessado em: 12 de dezembro de 2020.
SANTOS, T. N. O Capitalismo e sua Face Perversa: o pauperismo da classe trabalhadora. In. XVI Encontro Nacional de Pesquisadores em Serviço Social. Vitória, Anais... Vitória: UFES, 2018, p.1-14. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/abepss/article/view/22444/14951. Acessado em: 10 de dezembro de 2020.
SAVIANI, D. Teorias Pedagógicas Contra-Hegemônicas no Brasil. Revista Ideação, v.10, n.2, p.11-28, jul./dez., 2008. Disponível em: http://e-revista.unioeste.br/index.php/ideacao/article/view/4465. Acessado em: 17 de dezembro de 2020.
SAVIANI, D.; DUARTE, N. A formação humana na perspectiva histórico-ontológica. Revista Brasileira de Educação, v.15, n.45, p.422-433, set./dez., 2010. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbedu/v15n45/02. Acessado em: 18 de dezembro de 2020.
SAVIANI, D. O choque teórico da Politecnia. Trabalho, Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v.1, n.1, p.131-152, mar., 2003. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/eps-5063. Acessado em: 10 de dezembro de 2020.
TOMAZI, N. D. Sociologia da Educação. 1.ed. São Paulo: Atual, 1997.

Downloads

Publicado

2021-04-27

Como Citar

SOUZA, Everton de; BENITES, Larissa Cerignoni. Ensino médio integrado:: em busca da utopia da formação integrada. Revista Labor, [S. l.], v. 1, n. 25, p. 105–120, 2021. DOI: 10.29148/labor.v1i25.62773. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/labor/article/view/62773. Acesso em: 18 jun. 2024.

Edição

Seção

Dossiê

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.