EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DE NÍVEL TÉCNICO INTEGRADA AO ENSINO MÉDIO: uma análise das escolas profissionalizantes do estado do Ceará

Autores

  • Gilson de Sousa Oliveira Universidade Federal do Ceará - UFC
  • Catarina Angélica Antunes da Silva Faculdade Vale do Jaguaribe - FVJ
  • Tânia Serra Azul Machado Bezerra Universidade Estadual do Ceará - UECE

DOI:

https://doi.org/10.29148/labor.v1i17.11897

Palavras-chave:

Ensino Médio, Educação Profissional, Políticas Públicas

Resumo

O presente texto, de caráter bibliográfico e documental, traça um panorama geral da educação profissional brasileira e analisa, de modo especial, a perspectiva de educação integral, inaugurada com a promulgação do Decreto nº 5.154/04, que culminou na criação da rede de escolas profissionalizantes do estado do Ceará, a partir de 2008. Trata-se de uma investigação qualitativa, baseadas em documentos oficiais e em estudos que historiciza essa problemática, considerando, sobretudo os aspectos políticos, culturais e socioeconômicos envolvidos no processo, os quais adotam a epistemologia dialética. Identificou-se que, apesar da possibilidade de oferta de uma educação integral, do tipo politécnica e tecnológica inaugurada com este decreto, o ensino desenvolvido nestas unidades escolares tangencia esta perspectiva, priorizando, assim como no passado, as demandas do mercado de trabalho.


PROFESSIONAL EDUCATION LEVEL TECHNICAL INTEGRATED TO HIGH SCHOOL

This text, bibliographic and documentary character, traces an overview of the Brazilian professional education and analyzes, in particular, the prospect of comprehensive education, inaugurated with the promulgation of Decree No. 5.154 / 04, which resulted in the creation of the network of schools professionalizing the state of Ceará, from 2008. this is a qualitative research, based on official documents and studies that historicizes this problem, considering especially the political, cultural and socio-economic aspects of the process, which adopt the epistemology dialectic. It was found that, despite the possibility of offering an integral education, polytechnic and technological type inaugurated with this decree, the school developed these school units tangency this perspective, priority, as in the past, the demands of the labor market.

 

KEY - WORDS: Secondary - Vocational Education - Public Policy

Biografia do Autor

Gilson de Sousa Oliveira, Universidade Federal do Ceará - UFC

Doutorando em Educação Brasileira. Mestre em Educação Brasileira. Especialização em Gestão Estratégica de IES. Graduado em Pedagogia pela Universidade Federal do Ceará – UFC; Pesquisador ligado ao Laboratório de Estudos do Trabalho e da Educação Profissional -(LABOR). Professor do curso de pós-graduação latu sensu em gestão e coordenação escolar do Conselho Estadual de Educação do Ceará (CEE), promovido pela Coordenadoria Estadual de Formação dos Executivos Escolares para a Educação Básica–CEFEB.

Catarina Angélica Antunes da Silva, Faculdade Vale do Jaguaribe - FVJ

Doutoranda em Educação. Mestra em Avaliação de Políticas Públicas pela Universidade Federal do Ceará - UFC. Especialista em Gestão e Politicas Publicas pela Universidade de Juiz de Fora - UFJF. Possui Especialização ainda em Leitura e Produção de textos (2004), pela Faculdade do Vale do Jaguaribe. É graduada em Pedagogia pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN (2000) e em Letras pela Faculdade do Vale do Jaguaribe (2005). É professora da Graduação da Faculdade Vale do Jaguaribe - FVJ e Professora efetiva do Ensino Médio do Governo do Estado do Ceará.

Tânia Serra Azul Machado Bezerra, Universidade Estadual do Ceará - UECE

Professora Adjunta da Universidade Estadual do Ceará. Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Ceará (2004); Mestrado em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará (2007) e Doutorado em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará (2011). Atualmente é Professora Adjunta da Universidade Estadual do Ceará em Fortaleza. Tem experiência na área de Educação, no setor práticas de ensino. Como pesquisadora atua nas seguintes linhas: Trabalho e Educação; Economia, Política, Sociabilidade e Educação; Também desenvolve pesquisas na área de Educação Infantil e Formação Docente. É Presidente da Associação Internacional de Pesquisa na Graduação em Pedagogia.

Referências

ANTUNES, Ricardo. Os sentidos do trabalho – ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. São Paulo: Boitempo, 2002.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Ministério da Educação, 1996.

________________. Decreto 2.208, de 17 de abril de 1997. Regulamenta o § 2 º do art. 36 e os arts. 39 a 42 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DOU de 18.4.1997.

________________. 2014. RELATÓRIO DE GESTÃO: O pensar e o fazer da educação profissional no Ceará 2008 – 2014 http://www.educacaoprofissional.seduc.ce.gov.br/images/relatorio_de_gestao_2008_2014/relatorio_de_gestao_2008_a_2014.pdf

________________. LEI Nº 14.273, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2008. Dispõe sobre a criação das Escolas Estaduais de Educação Profissional – EEEP, no âmbito da Secretaria da Educação, e dá outras providências. Diário Oficial do Estado do Ceará, Fortaleza, CE, série 2, Ano XI, nº 245, 23 dez. 2008.

FRIGOTTO, Gaudêncio. A relação da educação profissional e tecnológica com a universalização da educação básica. In: Educação profissional e tecnológica no Brasil contemporâneo: desafios, tensões e possibilidades. Porto Alegre: Artmed, 2010.

FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M.; RAMOS, M. N. (2012). (Orgs.). Ensino médio integrado: concepções e contradições. São Paulo: Cortez.

________________. A política de educação profissional no Governo Lula: um percurso histórico controvertido. In: Educação & Sociedade, Campinas, v.26, n.92, out. 2005b.

HADDAD, Sérgio (org.). Banco Mundial, OMC e FMI: o impacto nas políticas educacionais. São Paulo: Cortez, 2008.

KUENZER, Acácia Z. Da dualidade assumida à dualidade negada: o discurso da flexibilização justifica a inclusão excludente. Educ. Soc., v. 28, n. 100, p. 1153-1178, out. 2007.

________________. O ensino médio no plano nacional de educação 2001-2010: superando a década perdida? Educ. Soc., v. 31, n. 112, p. 851-873, jul./set. 2010.

________________. Ensino Médio e Profissional: as políticas do Estado neoliberal. 4 ed. São Paulo, Cortez, 2007.

________________. O Ensino Médio: agora é para a vida: entre o pretendido, o dito e o feito. Revista Educação & Sociedade, n.º 70. Campinas, Abril 2000b.

________________. Ensino Médio: construindo uma proposta para os que vivem do trabalho. São Paulo: Cortez, 2009.

MANACORDA, Mario, A. Marx e a pedagogia moderna. São Paulo: Cortez/Autores Associados, 1991.

MARX, K. & ENGELS, F. Crítica do programa de Gotha. In: MARX, K. & ENGELS, F. (Orgs.) Obras Escolhidas. São Paulo: Alfa e Ômega, s.d. v.2.

MÉSZÁROS, István. A crise estrutural do capital. In: Outubro-Revista do Instituto de Estudos Socialistas, São Paulo, n. 4. 2000.

NOSELLA, Paolo. Gramsci e os educadores brasileiros: um balanço crítico. In Revista da FAEEBA, Salvador, nº 10, jul./dez. 1998

SAVIANI, Dermeval. O trabalho como o princípio educativo frente às novas tecnologias. In: Novas tecnologias, trabalho e educação: um debate multidisciplinar. 5ª Ed. – Petrópolis, RJ: Vozes, 1999.

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ESTADO CEARÁ (SEDUC). Plano Integrado de Educação Profissional e Tecnológica do Estado do Ceará. Ceará: mar/2008. Disponível em: <http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:VpyrBu6MpyYJ:testeplone.sct.ce.gov.br/> Acesso em: 20 abril 2012.

SCHULTZ, T. W. O capital humano: Investimentos em educação e pesquisa. Tradução de Marco Aurélio de M. Matos. Rio de Janeiro: Zahar Editores. 1973. 250 p.

SILVA JUNIOR, João dos Reis. Reforma do Estado e da Educação no Brasil de FHC – São Paulo: Xamã, 2002.

UNESCO. Declaração de Nova Delhi. Nova Delhi, 1993. Declaração mundial sobre educação para todos: Satisfação das necessidades básicas de aprendizagem. Jomtien, 1990

Downloads

Publicado

2017-07-31

Como Citar

OLIVEIRA, Gilson de Sousa; SILVA, Catarina Angélica Antunes da; BEZERRA, Tânia Serra Azul Machado. EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DE NÍVEL TÉCNICO INTEGRADA AO ENSINO MÉDIO: uma análise das escolas profissionalizantes do estado do Ceará. Revista Labor, [S. l.], v. 1, n. 17, p. 1–12, 2017. DOI: 10.29148/labor.v1i17.11897. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/labor/article/view/11897. Acesso em: 23 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

<< < 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.