Considerações Sobre a História da Noção de Signo Linguístico:

as contribuições de Saussure, Vygotsky e Volóchinov

Autores

  • Odair Vieira da Silva Universidade Estadual Paulista, Unesp, FFC, Marília/SP
  • Gilson de Sousa Oliveira Universidade Federal do Ceará (UFC)
  • Enéas de Araújo Arrais Neto Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFCE)

DOI:

https://doi.org/10.29148/labor.v2i01.71021

Palavras-chave:

História. Linguagem. Signo Linguístico.

Resumo

Este artigo objetiva contribuir para a compreensão da história da noção de signo linguístico no contexto da linguística moderna, com ênfase nas produções científicas do linguista suíço Ferdinand de Saussure e dos teóricos russos Lev Semyonovich Vygotsky e Valentín Nikoláievich Volóchinov. Para tanto, serão analisados aspectos biográficos, bem como a produção acadêmica desses autores, além das articulações teóricas em torno da noção de signo linguístico que se tornaram referência para os estudos voltados às ciências da linguagem. Ao final, serão apresentadas algumas aproximações epistemológicas dos trabalhos de Saussure, Vygotsky e Volóchinov, acerca da linguagem humana e da noção de signo linguístico.

 

Biografia do Autor

Odair Vieira da Silva, Universidade Estadual Paulista, Unesp, FFC, Marília/SP

Doutorando e Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC), Campus de Marília/SP; Bacharel e Licenciado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT), Campus de Presidente Prudente/SP; Especialista em Ciências Humanas pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp); Especialista em Gestão do Currículo pela Universidade de São Paulo (USP); Professor e gestor da Educação Básica e do Ensino Superior; Coordenador do curso de Pedagogia da Faculdade de Ensino Superior e Formação Integral (FAEF), campus de Garça/SP. E-mail: odairvieira@prof.educacao.sp.gov.br

Gilson de Sousa Oliveira, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Doutor e Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação e Educação da Universidade Federal do Ceará (UFC); MBA em Gestão Estratégica do Ensino Superior pela Faculdade do Vale do Jaguaribe (FVJ); Graduado em Pedagogia pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Professor com vasta atuação na Educação Básica e no Ensino Superior, atuando, de modo especial, com a formação inicial e continuada de professores da Educação Básica, Professor Substituto do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (2018-2020). Membro pesquisador do LABOR-LAB de estudos do trabalho e qualificação profissional da UFC. Palestrante e produtor de materiais educacionais. E-mail: gilsongili@yahoo.com.br

Orcid: https://orcid.org/0000-0002-4590-1289

 

Enéas de Araújo Arrais Neto, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFCE)

Arquiteto; Mestre em Sociologia; Doutor em educação; Pós-doutor em Filosofia da Arte; Pós-doutor em Educação Integral; Docente do PPGE/UFC; Docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFCE); Coordenador do LABOR-LAB de estudos do trabalho e qualificação profissional da UFC. E-mail: eneas.neto@ifce.edu.br

Orcid: https://orcid.org/0000-0002-5919-4554

Referências

ALMEIDA, Carlos Cândido de. Elementos de linguística e semiologia na organização da informação. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2011.

ARENA, Dagoberto Buim; ARENA, Adriana Pastorelo Buim. Patrick Sériot e Volochínov: um encontro crítico. Revista Humanidades, Fortaleza, v. 32, n. 1, p. 40-46, jan./jun. 2017. Disponível em: https://periodicos.unifor.br/rh/article/view/6803. Acesso em: 17 jan. 2020.

BAKHTIN, Mikhail Mikhailovich; (VOLOCHINOV). Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. Tradução: Michel Lahud e Yara Frateschi Vieira com a colaboração de Lúcia Teixeira Wisnik e Carlos Henrique D. Chagas Cruz. Prefácio Roman Jakobson. Apresentação Marina Yaguello. São Paulo: Hucitec, 1979.

BEZERRA, Giovani Ferreira; FURTADO, Alessandra Cristina. A produção sobre história da educação especial nos congressos brasileiros de história da educação (CBHEs): um lugar em construção. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 33, jul., p. 1-28, 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/edur/v33/1982-6621-edur-33-156559.pdf. Acesso em: 22 fev. 2020.

BRANDIST, Craig. Repensando o Círculo de Bakhtin: novas perspectivas na história intelectual. CAMPOS, Maria Inês Batista; SCHETTINI, Rosemary (Orgs.). São Paulo: Contexto, 2012.

BRONCKART, Jean-Paul et al. Le Projet de Ferdinand de Saussure. Genève – Paris: Libraire Droz, 2010.

BRONCKART, Jean-Paul; BOTA, Cristian. Dynamique et socialité des faits linguistiques. In: BRONCKART, Jean-Paul; BULEA, Ecaterina; BOTA, Cristian (orgs.) Le projet de Ferdinand de Saussure. Genebra; Paris: Librairies Droz, 2010.

BRONCKART, Jean-Paul.; BOTA, Cristian. Bakhtin desmascarado: história de um mentiroso, de uma fraude, de um delírio coletivo. Tradução de Marcos Marcionilo. São Paulo: Parábola, 2012.

BRONCKART, Jean-Paul. En las fronteras del Interaccionismo socio-discursivo: aspectos lingüísticos, didáticos y psicológicos. In: Riestra, Dora et al. Terceras Jornadas Internacionales de Investigación y Prácticas en Didáctica de Las Lenguas y las Literaturas. Bariloche: Ed. Geise, 2013.

BRONCKART, Jean-Paul. Du rôle du langage dans la construction des spécificités de l’animal humain. In: REISSE, Jacques; RICHELE. Marc. L’homme. Un animal comme les autres? Bruxelles: Académie Royale de Belgique. p. 129-154, 2014. Disponível em : https://archive-ouverte.unige.ch/unige:81881. Acesso em : 16 mar. 2020.

FIORIN, José Luiz. Teoria dos signos. In: FIORIN, Jose Luiz (org.). Introdução à linguística. 6. ed. São Paulo: Contexto, 2010, p. 55-74.

GRILLO, Sheila Vieira de Camargo; AMÉRICO, Ekaterina Vólkova. Valentín Nikoláievitch Volóchinov: detalhes da vida e da obra encontrados em arquivos. Alfa, São Paulo, v. 61, n. 2, p. 255-281, 2017. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/8962. Acesso em: 24 fev. 2020

IVIC, Ivan. Lev Semionovich Vygotsky. Tradução: José Eustáquio Romão. Recife: Massangana, 2010.

LE GOFF, Jacques. História e memória. Tradução: Bernardo Leitão. 5.ed. Campinas: UNICAMP, 2003.

MARQUES, Luciana Moraes Barcelos. Saussure e os três cursos de linguística geral (1907, 1908/1909, 1910/1911): uma descrição histórico-comparativa das fontes do CLG e as repercussões na sua construção. Orientador: Hugo Mari. 2013. 126 f. Tese (Doutorado em Linguística e Língua Portuguesa). Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2013.

MORTATTI, Maria do Rosário Longo. Notas sobre linguagem, texto e pesquisa histórica em educação. História da educação. Pelotas, v. 6, p. 69-77, out, 1999. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/asphe/article/view/30258. Acesso em: 22 de out. 2020.

NARZETTI, Claudiana. A filosofia da linguagem de V. Voloshinov e o conceito de ideologia. Alfa, Revista e Linguística, São José Rio Preto, vol. 57, p. 367-388, n.2, 2013.Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/4646. Acesso em: 05 jun. 2020.

OLIVEIRA, Marta Kohl de. Vygotsky: aprendizado e desenvolvimento, um processo sócio-histórico. São Paulo: Scipione, 1997.

PETTER, Margarida. Linguagem, língua, linguística. In: FIORIN, Jose Luiz (org.). Introdução à linguística. 6. ed. São Paulo: Contexto, 2010, p. 11-24.

PORSCHE, Sandra Cristina. Saussure e Volochínov: uma relação conturbada. Revista Virtual de Estudos da Linguagem - ReVEL. Edição especial n. 2, 2008. Disponível em: http://www.revel.inf.br/files/artigos/revel_esp_2_saussure_e_volochinov.pdf. Acesso em 20 out. 2020.

RIESTRA, Dora. La concepción del lenguaje como actividad y sus derivaciones en la Didáctica de las lenguas. In: RIESTRA; Dora (org.). Saussure, Vigotski y Volóshinov revisitados. Estudios históricos y epistemológicos. Buenos Aires: Miño & Dávil, 2010.

RIESTRA, Dora. Saussure, Vygotski and Voloshinov: the linguistic sign as an epistemological issue. In: The Linguist Society of St. Petersburg (ed.). Language and language behavior, 2014, p.140-147. St Petersburg: St Petersburg State University-Faculty of Philology. Disponível em: https://www.academia.edu/22263420/Yu_S_MASLOV_S_GENERAL_ASPECTOLOGY_FROM_THE_HISTORY_OF_RUSSIAN_LINGUISTICS_Yard_2014_maket_final. Acesso em: 22 jul. 2020.

RIESTRA, Dora. La concepción del diálogo de los rusos desde la perspectiva interaccionista socio discursiva. Veredas – Interacionismo Sociodiscursivo. v. 21, n. 3, p. 11-29, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/veredas/article/view/27991. Acesso em: 22 fev. 2020.

RODRIGUES, Ada Natal. Os pensadores: Saussure, Jakobson, Hjelmslev e Chomsky. São Paulo: Abril Cultural, 1985.

SAUSSURE, Ferdinand. Curso de Linguística Geral. Organização de Charles Bally e Albert Sechehaye com a colaboração de Albert Riedlinger; prefácio da edição brasileira de Isaac Nicolau Salum. Tradução: Antônio Chelini, José Paulo Paes, Izidoro Blikstein. 27. ed. São Paulo: Cultrix, 2006.

SÉRIOT, Patrick. Préface: Volosinov, la philosophie de l’enthyméme et la double nature du signe. In: VOLOSINOV, V. N. Marxisme et philosophie du langage: les problemes fondamentaux de la méthode sociologique dans la science du langage. Limoges: Lambert-Lucas, 2010. p. 13-109. Édition bilíngüe traduite du russe par Patrick Sériot et InnaTylkowski-Ageeva. Disponível em : https://www.fabula.org/actualites/v-n-voloshinov-marxisme-et-philosophie-du-langage-les-problemes-fondamentaux-de-la-methode-_39910.php. Acesso em : 04 fev. 2020.

SULAIMAN, Sâmia Nascimento. Educação ambiental à luz da análise do discurso da sustentabilidade: do conhecimento científico à formação cidadã. Orientador: Pedro Roberto Jacobi. 2010. 132 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

SWIGGERS, Pierre. O Curso de Linguística Geral: História e estrutura. Tradução: Cristina Altman. In: ALTMAN, Cristina; TESTA-TORELLI, Lygia. Por ocasião do centenário do Curso de Linguística Geral (1916). Cadernos de historiografia linguística do CEDOCH. São Paulo: FFLCH/USP, 2017.

TUNES, Elizabeth. A atualidade de Vygotsky. Fractal: Revista de Psicologia, v. 27, n. 1, p. 4-6, jan.-abr. 2015. Disponível em: https://periodicos.uff.br/fractal/article/view/4989. Acesso em: 11 out. 2020.

TUNES, Elizabeth; PRESTES, Zoia. Vigotski e Leontiev: ressonâncias de um passado. Cadernos de Pesquisa, v.39, n.136, p. 285-314, jan./abr. 2009. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/cp/v39n136/a1439136.pdf. Acesso em 13 nov. 2020.

VAN DER VEER, René; VALSINER, Jaan. Vygotsky: uma síntese. 6. ed. São Paulo: Loyola, 2009.

VIEIRA, Maria do Pilar de Araújo; PEIXOTO, Maria do Rosário da Cunha; KHOURY, Yara Maria Aun. A pesquisa em história. São Paulo: Ática, 2011.

VOLÓCHINOV, Valentin (Círculo de Bakhtin) Marxismo e Filosofia da Linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. 2. ed. Tradução, notas e glossário de Sheila Grillo e Ekaterina Vólkova Américo; ensaio introdutório de Sheila Grillo. São Paulo: Editora 34, 2018.

VYGOTSKY, Lev Semenovich. A construção do pensamento e da linguagem. Tradução: Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

Downloads

Publicado

2021-06-29

Como Citar

SILVA, Odair Vieira da; OLIVEIRA, Gilson de Sousa; ARRAIS NETO, Enéas de Araújo. Considerações Sobre a História da Noção de Signo Linguístico: : as contribuições de Saussure, Vygotsky e Volóchinov. Revista Labor, [S. l.], v. 2, n. 25, p. 08–31, 2021. DOI: 10.29148/labor.v2i01.71021. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/labor/article/view/71021. Acesso em: 19 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >> 

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.